PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS NA MODA POR MEIO DO VESTUÁRIO MODULAR

Ana Caroline Siqueira martins, Letícia Nardoni Marteli, Milena Beatriz Bovo

Resumo


Este artigo objetiva discorrer como o vestuário modular pode ser uma alternativa a práticas sustentáveis na moda, por meio do projeto de design que possibilidade o prolongamento do ciclo de vida dos produtos. Analisa conceitos do consumo exacerbado do fast fashion em contrapartida com o slow fashion, relacionando este a concepção modular como opção para o consumo consciente e produção sustentável na indústria do vestuário. Deste modo, através da pesquisa bibliográfica e online verificou-se que somente marcas internacionais desenvolvem produtos modulares na vertente sustentável, e assim, foi problematizado suas abordagens em termos de design e sustentabilidade.


Texto completo:

pdf

Referências


ANICET, Anne; BESSA, Pedro; BROEGA, Ana Cristina. Ações na área da moda em busca de um design sustentável. 2011. Disponível em: . Acesso em 14 fev. 2016

DELGADO, Daniela. Fast Fashion: Estratégia para conquista do mercado globalizado. Moda, palavra e periódico, 2008. Disponível em: Acesso em 14 fev. 2016

CHUA, Jasmin Malik. Post-couture collective: downloadable garments for the diy generation. 2015.

Disponível em: Acesso em: 26 fev. 2016.

FLAVIALAROCCA. Concept. 2015. Disponível em: < http://flavialarocca.com/concept/> Acesso em: 26 fev. 2016.

GATHERANDSEE. Designer Flávia La Rocca. 2016. Disponível em: Acesso em: 26 fev. 2016.

GUERCOVICH, Isadora. Slow Fashion: sustentabilidade na moda. 2013. Disponível em: Acesso em: 06 fev. 2016.

LUMPUR, Kuala. Weareultra. Disponível em: Acesso em 18 fev. 2016.

MACHADO, Ana Margarida Dias. Vestuário Transformável: O contributo de um novo sistema modular. Universidade Técnica de Lisboa, 2011. Disponível em: Acesso em: 17 fev. 2016

MARCHIORO, Cecília. O consumo e os sistemas de produção de moda: reflexões sobre o fast e o slow fashion. In: CARLI, Ana Mery Sehbe de; MANFREDINI, Mercedes Lusa (Org.). Moda em sintonia. Educs: Caxias do Sul-RS, 2010. p. 126-141.

MIRANDA, Bruna. O que é o Slow Fashion?. 2014. Disponível em: Acesso em: 06 fev. 2016.

MARTINS, Suzana Barreto. O paradoxo do design sustentável na moda: diretrizes para a sustentabilidade em produtos de moda. In: In: CARLI, Ana Mery Sehbe de; MANFREDINI, Mercedes Lusa (Org.). Moda em sintonia. Educs: Caxias do Sul-RS, 2010. p. 80-89

PARODE, Fábio Pezzi; REMUS, Bruna do Nascimento; VISONÁ, Paula. Desafios da moda em tempos de crise: reflexões sobre sustentabilidade e consumo. In: CARLI, Ana Mery Sehbe de; MANFREDINI, Mercedes Lusa (Org.). Moda em sintonia. Educs: Caxias do Sul-RS, 2010.p 65-74

PINTEREST. 2016. Disponível em: Acesso em: 26 fev. 2016.

POSTCOUTURE. Shop. 2015. Disponível em: Acesso em: 26 fev. 2016.

REFINITY. Design infinite value. 2016. Disponível em: . Acesso em: 23 fev. 2016

SALCEDO, Elena. Moda ética para um futuro sustentável. Gustavo Gili: Barcelona, 2014. 127p.

SANTOS, Aguinaldo dos; et al. Modularização como estratégia para ampliar o cuclo de vida de produtos. Disponível em: Acesso em: 16 fev. 2016

SANTOS, Meire; BROEGA, Ana C; MARTINS, Eliecília; Desing Modular: solução sustentável aplicada aos resíduos limpos na indústria do couro. 11º Colóquio de Moda, 2015. Disponível em: . Acesso em: 15 fev. 2016


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.