A MODA MASCULINA EM SÃO PAULO: UMA FORMA DE AUTOAFIRMAÇÃO E INTEGRAÇÃO NA SOCIEDADE

Natália Alves de Toledo, Ana Maria Cardoso, Jonathan Feital de Souza Brito, Renan Rodrigo da Costa Ribeiro, Dilara Rúbia Pereira, Alexandre de Caprio Ferreira, Fernanda Marinho Pereira da Silva, Wan Chi Ming

Resumo


Esse artigo descreve sobre o consumo da moda masculina em São Paulo especificamente na classe C, pesquisado e identificado as preferências e o que leva o público masculino a comprar produtos de vestuário, estudando de forma principal o consumidor da cidade de São Paulo na qual o IBOPE (2013), informa ser o mercado que mais consome moda no país. Este projeto procura fazer uma análise a respeito deste mercado, verificar preferências e o que leva o público masculino a comprar produtos de vestuário. Com o resultado pretende-se contribuirei para que possa entender o universo masculino no Brasil e sua forma de consumir os produtos do mercado da moda.

 


Texto completo:

pdf

Referências


ABIT, Disponível em: http://abit.org.br/habitosdeconsumos/Banco_Dadosrpt.asp?sv_Perfil1=Masculino&sv_Perfil2=16+a+19+anos&sv_Perfil2=20+a+29+anos&sv_Perfil2=30+a+39+anos&sv_Perfil2=40+a+49+anos&sv_Perfil2=50+a+59+anos&sv_Perfil2=60+a+65+anos&sv_Perfil3=Classe+A&sv_Perfil3=Classe+B&sv_Perfil3=Classe+C&sv_Perfil3=Classe+D&sv_Perfil4=S%C3O+PAULO&Submit=Buscar. Acesso em 2014.

AUDACES, Disponível em: http://www.audaces.com/br/Desenvolvimento/Falando-de-Desenvolvimento/2013/10/29/consumo-de-moda-masculina-mudancas-de-habitos. Acesso em 2014.

BARROS, Fernando de. O homem casual: a roupa do novo século. São Paulo: Mandarim,1998.

CALDAS, Dario. Homens. São Paulo: Senac, 1997.

EXAME, Disponível em:http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/as-200-cidades-mais-populosas-do-brasil. Acesso em 2014.

GUIA JEANS WEAR, Disponível em: http://www.guiajeanswear.com.br/noticias/3585/mercado.aspx , 2013. Acesso em 2014.

IBOPE Mídia. Pesquisa Especial: O Novo Homem. Disponível em: http://mktmidia.ibope.com.br/novo_homem/index.html>

http://www.ibope.com.br/pt-br/noticias/Paginas/Varejo-de-moda-deve-movimentar-cerca-de-129-bilhoes-em-2013.aspx. Acesso em 2014.

JONES, Sue Jenkyn. Fashion Design: manual do estilista. Tradução: Iara Biderman. São Paulo: Cosac Naify, 2005.

LIPOVETSKY, Gilles. O Império do Efêmero: a moda e seu destino nas sociedades modernas. São Paulo: Companhia das Letras, 1991.

________, Gilles. O Crepúsculo do Dever: A ética indolor dos novos tempos democráticos. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 2004.

MODA IG, Disponível em: http://moda.ig.com.br/modanomundo/o-mapa-das-lojas-fast-fashion-pelo-mundo/n1597661366782.html. Acesso em 2014.

PORTAL DA COMUNICACAO, Disponível em: http://www.portcom.intercom.org.br/pdfs/051cd315ac51508178c0ee5de3c42a62.PDF. Acesso em 2014.

SEBRAE, Disponível em: http://www.sebrae2014.com.br/sebrae/sebrae%202014/boletins/2013_12_19_BO_Moda_Outubro_ConsumoC-D_pdf.pdf.

http://www.sebraesp.com.br/arquivos_site/biblioteca/guias_cartilhas/alavanque_sua_empresa.pdf

http://www.sebrae2014.com.br/Sebrae2014/Not%C3%ADcias_2014/Crescimento-das-classes-C-e-D-pode-favorecer-neg%C3%B3cios-na-Copa-2014. Acesso em 2014.

SIMMEL, G. Fashion. International Quartely. Oct. 1904.

SOLOMON, M. R.; SCHOPLER J. “Self-consciousness and clothing,” Personality and social psychology bulletin, 8(3), 1982.

VEJA ABRIL, Disponível em: http://veja.abril.com.br/noticia/entretenimento/spfw-moda-masculina-procura-seu-lugar-no-brasil/. Acesso em 2014.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.