AVALIAÇÃO DA CONDIÇÃO ERGONÔMICA DE COSTUREIRAS EM SEU POSTO DE TRABALHO

Caroline Apoloni Cionek, Andreia Bortoluzzi da Silva, Samira da Silva Mendes

Resumo


Atualmente as mudanças tecnológicas estão ocorrendo cada vez mais depressa, devido à necessidade de uma maior produtividade. Há que se levar em conta a necessidade de que essas atividades sejam realizadas com conforto e segurança evitando o aparecimento de doenças relacionadas ao trabalho. Por essa razão, costureiras de uma determinada confecção foram analisadas com o intuito de verificar se as condições ergonômicas em seus postos de trabalho estavam corretas. Para a análise foi utilizado o método RULA, que é um método de análise desenvolvido para o uso em investigações ergonômicas de locais de trabalho onde foram reportadas doenças dos membros superiores ligadas ao trabalho, possibilitando verificar se há a necessidade de mudanças ergonômicas no local de trabalho. Foi realizada uma entrevista com as operadoras e observou-se que nenhuma das operadoras sentia dores em toda a região das costas, 1% não sente dores, 55% sentem dor na região superior das costas (cervical, pescoço), 10% sentem dor na região média das costas (torácica) e 10% sentem dor na região baixa das costas (lombar). Acredita-se que o maior percentual de dores na região de cervical e pescoço ocorra pelo fato de as operadoras ficarem curvadas para executar suas funções.

 


Texto completo:

pdf

Referências


ALMEIDA, C. C.; PEREIRA, R. T.; Avaliação ergonômica do trabalho em uma indústria de confecção na zona da Mata Mineira. Universidade Federal de Viçosa, 2008.

BRASIL. Ministério do Trabalho. Manual de aplicação da norma regulamentadora nº 17. 2. ed. Poder Executivo, Brasília: Secretaria de Inspeção do Trabalho, 2002.

FREITAS, F. C. T.; BARBOSA , L. H.; ALVES, L. A.; MARZIALE, M. H. P.; ROBAZZII, M. L. C. C. Avaliação cinesiológica e sintomatológica de membros inferiores de costureiros industriais. 170-175, 2009.

IIDA, I. Ergonomia: projeto e produção. 2ª ed. São Paulo: Edgard Blucher, 2005.

LAMPERT, I. A. Influência de um programa de cinesioterapia laboral para qualidade de vida dos funcionários do hospital São Vicente de Paulo. Fisiobrasil. Ano 10, n. 77, 2006.

MCATAMNEY, L.; CORLETT, E. N. RULA: A survey method for the investigation of work-related upper limb disorders. Applied Ergonomics. 24;91-99,1993.

SKAFF, P. Informativo da Associação Brasileira da Indústria Têxtil. São Paulo: ABIT, 2002.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.