A PERCEPÇÃO DO USUÁRIO DE UNIFORME PROFISSIONAL : UM ESTUDO EXPLORATÓRIO NAS REGIÕES DA GRANDE SÃO PAULO E NOROESTE DO ESTADO

Marcia Cristina Silva-Santos, Alessandra Maria Giacomin, Mariana Costa Laktim, Júlia Baruque-Ramos

Resumo


Os uniformes são utilizados por diversas empresas e onde requerido, atendem regulamentações estabelecidas para a proteção do trabalhador. O presente estudo busca verificar a percepção de quem usa o uniforme, como as funções pragmáticas, diacríticas e simbólicas do uniforme através de um survey exploratória. Um questionário aplicado online, para funcionários de diversas empresas, independente do ramo de atuação foi respondido por 86 pessoas. Para as funções pragmáticas, 73% gostam de sua aparência com uniforme, 68% considera seu uniforme confortável, 74% consideram seu uniforme prático e 70% acham que é fácil a limpeza. As funções diacríticas também são utilizadas e entendidas por 83% dos respondentes. As questões simbólicas do uniforme são entendidas em cores e emblemas das empresas  por  90% dos respondentes, porém não é possível estabelecer que  o uniforme é um instrumento de inserção do funcionário na cultura da empresa.


Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, A. J. Uniformes da Guarda Nacional (1831- 1852): a indumentária na organização e funcionamento de uma associação armada. Anais do Museu Paulista. São Paulo. N. Sér. v. 8/9. p. 77-147, p. 77–147, 2003.

B_FONSECA, P. F. A DISCIPLINA JURÍDICA DA UTILIZAÇÃO DE INDUMENTÁRIA NO AMBIENTE DE TRABALHO E A IMAGEM DO EMPREGADO. Direito UNIFACS–Debate Virtual, v. 164, n. Fevereiro, 2014.

BRASIL, M. D. T. E. E. Norma Regulamentadora - NR 6 - EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - EPIBrasília, 2015. . Disponível em: .

BRASIL, M. D. T. E. E. NORMA REGULAMENTADORA NR 10 – SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADEBrasília, 2016a. . Disponível em: .

BRASIL, M. D. T. E. E. NORMA REGULAMENTADORA NR 9 - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS AMBIENTAISBrasília, 2016b. . Disponível em: .

CRAIK, J. Uniforms Exposed: The proliferation of uniforms in popular culture as markers of change and identity. In: MENTGES, G.; NEULAND-KITZEROW, D.; RICHARD, B. (Ed.). Uniformierrungen in Bewegung vestimentare praktiken zwischen. Vereinheitlichung, Kostumierung and makerade. Munster: Waxmann Verlog, 2007. p. 37–55.

EL MOGAHZY, Y. E. Development of traditional textile fiber products. In: Engineering Textile : Integrating the design and manufacture of textile products. Cambridge: Woodhead Publishing Limited Abington Hall, 2009. p. 326–397.

EL SARRAF, R. A. Aspectos ergonômicos em uniformes de trabalho. 2004. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2004.

FARIAS, R. de C. P. Entre a igualdade e a distinção: a trama social de uma grande empresa corporificada no uniforme. 2010. UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas, 2010.

FORZA, C. Survey research in operations management. International Journal of Operations and Production Management, v. 22, n. 2, p. 152–194, 2002.

LEE HO, L.; MIGUEL, P. A. C. Levantamento Tipo Survey. In: Metodologia de Pesquisa em Engenharia de Produção e Gestão de Operações. Rio de Janeiro: Elsevier Editora LTDA, 2010. p. 73–128.

RUBBO, R. Uniforme: Moda, conceitos, história e tendências. Disponível em: . Acesso em: 8 jan. 2016.

SAVILE, B. P. Confort. In: Physical testing of textiles. Reprinted ed. Cambridge: Woodhead Publishing Limited Abington Hall, 2002. p. 210–243.

VARAS, M.; BRITO, V. Identidade étnica: A dimensão política de um processo de reconhecimento. Antropos, v. 5, p. 106–125, 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.