FIBRA DE BANANEIRA (MUSA SP.): PRODUÇÃO E POTENCIAL DE APLICAÇÕES NO BRASIL

LUCIANO FONSECA FONSECA PINHEIRO, LAÍS KOHAN, LARISSA DUARTE, JÚLIA BARUQUE-RAMOS

Resumo


O emprego de materiais provenientes da natureza está sendo uma das principais alternativas para aplicações em produtos têxteis e de moda, pois utiliza matérias-primas que respeitam o meio ambiente, são de baixo impacto ambiental e renováveis. As fibras de bananeira (Musa sp) são de fácil cultivo em países tropicais, e seu pseudocaule, após oferecer o fruto, pode provocar sérios problemas ambientais. Este estudo tem como objetivo reunir informações sobre a bananicultura no Brasil e potenciais empregos para a fibra de bananeira com o intuito de aproveitar e minimizar resíduos do plantio. Novos usos da fibra de bananeira vêm ocorrendo em áreas como industrias de fabricação de papeis, na engenharia, automobilística e outros. O Brasil é o 3o maior produtor mundial de bananas, sendo que somente aproveita 2% dos resíduos da bananicultura como material fibroso. Assim paralelamente ao artesanato, a utilização dos resíduos da bananeira como fonte de fibras para produção de celulose, compósitos, geotêxteis, fonte de energia, etc.  pode constituir soluções para a questão de gerenciamento ambiental desse material, sendo que também pode agregar valores culturais e sociais, além da geração suplementar de renda nas regiões produtoras.


Texto completo:

PDF

Referências


ADEITUN, A. Evaluation of geochemical inputs from potencial geotextile plant fibres (banana leaf, banana stem, banana leaf-stem, Miscanthus giganteus and Buriti palm). MSc Thesis. University of Wolverhampton – School of Applied Sciences, 2011.

AD&P - Mercedez Goes Bananas. 2005. Disponível em: Acesso em: 02 fev. 2018.

ALBARELLI, J.Q., RABELO, R.B., SANTOS, D.T., BEPPU, M.M., MEIRELES, M.A.A. Effects of supercritical carbon oxide on waste banana peels for heavy metal removal. The Journal of supercritical Fluids, 58, pp. 343-351 (2011).

BANNA et al – Fibras de bananeira como material de engenharia – XXXIX Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia – 03 a 06 Out. Blumenau SC – COBENGE 2011 - UFPA, Programa de Pós-graduação em Eng. Mecânica e Faculdade de Engenharia Mecânica.

BHATTACHARYYA, R.; DAVIES, K.; FULLEN, M.A.; BOOTH, C.A. - Effects of palm-mat geotextiles on the conservation of Loamy Sand soils in East Shropshire, UK. In: DAZZI, Carmelo & COSTANTINI, Edoardo (Editors). Advances in GeoEcology 39. CATENA VERLAG, 2008a. p.527-538.

BILBA, K.; ARSENE, M.-A.; QUESANGA, A. Study of Banana and Coconut Fibers: Botanical Composition, Thermal Degradation and Textural Observation, Journal of Bioresource Technology, 98:5868, 2007.

CATTANI, I.M. et al. Fibra de Buriti (mauritia flexuosa mart.) e Aplicações em Produtos Têxteis. 2º Congresso Científico Têxtil e de Moda. 20 a 22 de maio de 2014 – São Paulo – Brasil, Disponível em: . Acesso em: 21 ago. 17.

EGBUJUO, C.I. - Geochemical characterization of banana, buriti palm, jute and coir geotextiles. MSc Thesis. University of Wolverhampton – School of Applied Sciences, 2012. 97p.

EZEMA, I.C., et al. Effect of Surface Treatment and Fiber Orientation on the Tensile and Morphological Properties of Banana Stem Fiber Reinforced Natural Rubber Composite. 2014. Journal of Minerals and Materials Characterization and Engineering, 2, 216-222. Disponível em: Acesso em 02 fev. 2018.

FANGUEIRO, R. ; MUKHOPADHYAY, S. – Banana Fibers Variability and Fracture Behaviour. Journal of Engineered Fibers and Fabrics Volume 3, 2008. Disponível em: Acesso em: 06 fev. 2018.

FINKIELSZTEJN - Sistemas Modulares Têxteis como aproveitamento de Fibras Naturais. Rio de Janeiro. Ago.2006. Disponível em:< https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/9570/9570_1.PDF> Acesso em: 08 fev. 2018.

FULLEN, M.A. e GUERRA, A.J.T. The potencial of palm (Borassus) mat geotextiles as a soil conservation technique. Anais do IV Simpósio Nacional de Geomorfologia. São Luís, 2002.

FURTADO, M.S.; RIBEIRO, F.V.; SOUSA, U.D.V.; MENDONÇA, J.K.S.; GUERRA, A.J.T. Processo de Recuperação da Voçoroca do Sacavém, São Luís-MA. Anais do VI Simpósio Nacional de Geomorfologia/Regional Conference on Geomorphology. Goiânia, 2006.

GIL, A. C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2008.

HOMMA, AKO. O Desenvolvimento da agroindústria no estado do Pará. Saber. Ciências e Tec. Exatas, Belém, v.3, Edição especial, p.49-76, 2001. Disponível em: Acesso em: 02 fev. 2018

Japan Echo Inc. 2005. Banana Stem Become Denim-like Cloth. Domestic Japanese News Source. 1-6. Disponível em: http://web-japan.org/trends/science/sci040105.html Acesso em 02 mar. 2018.

LIMA; M.B.;VILARINHOS, A.D. - Estatísticas de Produção. 2004. Disponível em: Acesso em: 22 ago. 2017

LOUREIRO, H.A.S.; GUERRA, A.J.T. – Recuperação de áreas degradadas por erosão: estudo de caso em área piloto, com utilização de geotêxteis de fibra de bananeira – Macaé/RJ. VII Congresso Estadual de Agronomia AEARJ – Associação de Engenheiros Agrônomos do Estado do Rio de Janeiro Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - Campus Seropédica 23 a 24 de outubro de 2013.

MARTINS, G. A. Metodologias convencionais e não-convencionais e a pesquisa em Administração. Caderno de Pesquisas em Administração. São Paulo, 1994.

MEENA, C.R.; KULKARNI, N. - A study on banana fibre clothing. National Institute of Fashion Technology Mumbay 2017. Disponível em: ,http://14.139.111.26/jspui/bitstream/1/571/1/MANOGNA%20AVUNOORI.pdf> Acesso em: 02 fev. 2018

MOREIRA, R. S. Banana: teoria e prática de cultivo. Campinas: Cargil, 1987.

MORGAN, R.; RICKSON, J. – Soil erosion control: importance of geomorphological information. In: HOOKE, J.M. Geomorphology in environmental planning. John Wiley & Sons Ltd, 1988.

MORGAN, R.P.C. Soil Erosion and Conservation. 3rd edition. England: Blackwell Publishing, 2005.

MOSTAFA et al. Effect of Banana Fibers on the Compressive and Flexural Strength of Compressed Earth Blocks. 2015, 5(1), 282-296; doi:10.3390/buildings5010282. EISSN 2075-5309 Published by MDPI AG, Basel, Switzerland. Disponível em: Acesso em: 21 ago. 17.

MULLER, D. H.; KROBJILOWSKI, A. New Discovery in the Properties of Composite Reinforced with Natural Fibers, Journal of Industrial Textiles, 33: 111130, 2003.

NOMURA et al. Avaliação agronômica de genótipos de bananeiras em condições subtropicais, Vale do Ribeira, SÃO PAULO – BRASIL. Rev. Bras. Frutic., Jaboticabal - SP, v. 35, n. 1, p. 112-122, Março 2013. Disponível em: Acesso em: 21 ago. 2017.

ORTEGA, Z; MORÓN, M.; MONZÓN, M.D.; BADALLÓ,P.; PAZ, R.- Production of Banana Fiber Yarns for Technical Textile Reinforced Composites. Departamento de Ingeniería de Procesos, Universidad de Las Palmas de Gran Canaria, Spain. Materials 2016, 9, 370;

PEREIRA, P.H.F.; WATASHI, C.Y.; BROCKS, T.; BENINI, K.C.C.C.; VOORWALD, H. J. C.; CIOFFI, M. O. Mechanical and Thermal Characterization of Banana Pell Fibers/HPDE composites. ECCM15 - 15TH EUROPEAN CONFERENCE ON COMPOSITE MATERIALS, Venice, Italy, 24-28 June 2012.

PINO et al. A cultura da Banana no Estado de São Paulo. Informações Econômicas, SP, v.30, n.6, jun. 2000. Disponível em: Acesso em: 23 ago. 2017.

PIRES, J.S.C – Fibras Naturais: Características químicas e potenciais aplicações. Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” Instituto de Biociências Campus de Botucatu. 2009. Disponível em : Acesso em: 21 ago. 17.

PORTO, C. Macrocenários da Amazônia 2000-2020. Revista Parcerias Estratégicas, n. 12, p.186, set/2001. Centro de Estudos Estratégicos do Ministério da Ciência e Tecnologia.

RAMPAZZO, E.F. Aspectos gerais da cultura da banana: Produção, Aspectos morfológicos, Planejamento dos pomares. 2014. Instituto EMATER. Governo do Estado do Paraná.

ROJA et al – Caracterização de Fibras de Bananeira Nanicão (Musa Grupo AAA, .Giant Cavendish.) Como possível matéria-prima para Produção de pasta celulósica para fabricação de Papel – Congresso Iberoamericano de Investigación em Celulosa y Papel – CIADICYP – 2002

SATYANARAYANA, K.G. et al. - Studies on lignocellulosic fibers of Brazil. Part I: Source production, morphology, properties and applications. Department of Chemistry, Federal University of Parana ́ (UFPR), Curitiba, Brazil. Composites: Part A 38 (2007) 1694–1709. Disponível em: Acesso em 06 fev. 2018.

SGRICCIA, N.; HAWLEY, M. C.; MISHRA, M. Characterization of Natural Fibers Surfaces and Natural Fiber Composites, Composites: Part A, 39: 16321637, 2008.

SHEPHERD, Alistair Paul. An agro-environmental analysis of Hanover Parish, Jamaica. MSc Thesis. University of Wolverhampton – School of Applied Sciences, 2012, 54p.

SOFFNER, M.L.A.P. Produção de Polpa Celulósica a partir de Engaço de Bananeira. Dissertação de Mestrado em Ciências, Área de concentração: Ciência e Tecnologia de Madeiras. Piracicaba, 2001, p. 1-10.

UMAIR, S. Environmental Effect of Fiber Composite Materials-Study of Life Cycle Assessment of Materials Used for Ship Structure, MS Thesis Dissertation, Royal Institute of Technology, Stockholm, 2006.

VENKATESHWARAN, N.; ELAYAPERUMAL, A.; Banana Fiber Reinforced Polymer Composites - A Review. Department of Mechanical Engineering, Anna University, Chennai, India. Journal of REINFORCED PLASTICS AND COMPOSITES, Vol. 29, No. 15/2010. p. 2387-2397.

VERGARA, S. C. Métodos de Pesquisa em Administração. São Paulo: Atlas, 2000.

VIEIRA, L. M., Síntese anual da agricultura de Santa Catarina 2009-2010. Santa Catarina: EPAGRI/CEPA, 2010.

WAGHMARE, P.M.; BEDMUTHA, P.G.; SOLLAPUR, S.B. - Review on Mechanical Properties of Banana Fiber Biocomposite. Department of Mechanical Engineering, Savitriabai Phule Pune University, PuneInternational Journal for Research in Applied Science & Engineering Technology (IJRASET). Volume 5 Issue X, October 2017. Disponível em: Acesso em: Jan 31 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Leia nossa última edição da revista!

http://www.contexmod.net.br/index.php/quinto/issue/current

Confira a Programação do evento.

http://www.contexmod.com.br/#fh5co-programacao